Brasil e Angola figuram entre os nove países citados hoje pela ONU onde o crescimento da população terá reflexos determinantes no aumento projetado da população à escala mundial nos próximos 30 anos.