A ministra da Administração Interna diz que o Governo tem tolerância zero para com a violência e xenofobia e radicalismo nas polícias.