A ministra alemã dos Negócios Estrangeiros, Annalena Baerbock, afirmou hoje, em Washington, que os planos para matar o presidente da empresa de armas Rheinmetall são mais uma prova de que o Presidente russo trava uma guerra híbrida contra a Europa.