A NAV, empresa pública que gere a navegação aérea e a Casa da Moeda também anteciparam os dividendos ao Estado a pedido de Fernando Medina.