Os reembolsos antecipados e as renegociações dispararam no crédito à habitação no ano passado, um crescimento que poderá estar relacionado com a suspensão temporária de comissões, adiantou hoje o Banco de Portugal (BdP).